domingo, 29 de agosto de 2010

ARTISTAS MANAUARAS CANTAM E ENCANTAM POUSO ALEGRE-MG


A Praça João Pinheiros, Pouso Alegre-MG foi contemplada com uma bela exposição da cultura amazonense na noite de 13/08.
O evento contou com a participação de grandes talentos do universo artístico da Amazônia que encantou o público presente.

Valéria de Cássia, representando o Projeto Cultural Uakti, abriu o evento fazendo um breve relato sobre a história do Projeto idealizado pela Associação dos Pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (ASPI), Associação dos Servidores do INPA (ASSINPA) e que conta com o apoio da Manaus Cult.

Valéria explicitou que o Projeto Cultural Uakti tornou-se verdadeira referência de articulação e divulgação de vontades criadoras e tem como objetivo primordial conceder voz, participação e espaço às pessoas que expressam a cultura amazonense com seus costumes e particularidades para todo o país.



Em seguida, chamou ao palco Dóri Carvalho, poeta e dramaturgo que declamou textos de sua autoria e de grandes expoentes da literatura universal.


Armando de Paula acompanhado por Afrânio (bateria), Herich (baixo) e William (teclado) contagiaram o público com a canção “Tartaruga”, “Mosquito da Malária” e outras reverenciando como o próprio nome do Projeto revela: a Cultura Amazonense.
Finalizando a apresentação, Antonio Pereira presenteou o público com sua voz inconfundível, suas letras e melodias inovadoras, que nos tocam a alma de forma suave e alegre. O músico é considerado um dos pioneiros na resistência dos ritmos amazônicos frente à cultura globalizada

O Projeto teve o privilégio de contar com a participação especial de Rita de Cássia, integrante do grupo “Caixeiras da Guia”, de Campinas e de João Bá, um dos mais respeitados cantadores vivos do Brasil.
O trabalho deste artista busca despertar o senso crítico e uma compreensão consciente de que todas as coisas estão interligadas entre si e suas raízes. Pesquisador da cultura popular brasileira traz nas suas poesias e nas suas melodias um canto de resistência da natureza, um jeito simples de louvar a terra, a vida, o respeito à história e memória de nossa cultura



O 40º FENAC – Festival Nacional da Canção de Pouso Alegre-MG encerrou-se com a belíssima apresentação do cantador e compositor Pereira da Viola que durante o show prestou homenagem ao seu grande mestre João Bá e ao Antonio Pereira, reafirmando seu apreço e respeito que tem pelo cantador amazonense.

Um comentário:

HERICK disse...

É incrivel a capacidade desta moça em surpreender-nos,Valéria continue fazendo pela arte, continue fazendo por seu amigos ,continue fazendo pelo Brasil
PARABÉns!!!!